sábado, 30 de junho de 2012

António Lázaro de Almeida Prado // Poesia






Poema de um bom amigo, poeta e professor universitário, um homem esclarecido que hoje tive o privilégio de conhecer em Portugal/ Coimbra. Foi um enorme privilégio poder privar com um ser humano tão sensível, um homem que foi colega e amigo desse monstro da poesia chamado Jorge de Sena.

Deixo também aqui um abraço a Fernanda De Almeida Prado, cuja sensibilidade me tocou profundamente e cuja partilha de experiências na área da cultura deixaram-me imensamente feliz. Desejo a ambos um bom regresso ao Brasil!



Postar um comentário